O Venezianos não é um pub, nem um café. Também não é um bar, uma casa de shows, nem um clubinho.

O Venezianos é tudo ao mesmo tempo e mais o que você quiser que ele seja. Aqui você pode trazer sua mãe, que curte sacolejar na pista; seu pai, que é gourmet de carteirinha; seu amigo de infância que solta a voz no microfone; sua irmã, que quer sair do armário; sua amiga do escritório que se joga no pop dublando, e seu personal, que curte balada eletrônica.

É também no Venezianos que você conhece primeiro os clipes do seu artista favorito, dança as melhores versões do que o mundo ouve, canta junto com quem esbanja talento e confere, nas paredes, as fotos e os trabalhos de quem transgride fazendo arte. É aqui que você festeja aniversário com tratamento vip, experimenta a cozinha mais elaborada, variada e deliciosa da Cidade Baixa, encontra as bebidinhas mais exóticas e um sem fim de opções em drinks que podem até levar o seu nome no cardápio.

Desde janeiro de 2000, o Venezianos se tornou a sua segunda casa. É aqui que você consolida amizades, conhece gente do país inteiro e é chamado pelo nome pelos atendentes. Foi aqui que você amou, desamou, perdoou e encontrou o melhor par de vaso do mundo. Ocupando um prédio tombado pelo patrimônio histórico e na travessa mais querida e colorida da cidade, o Venezianos trabalha para ser patrimônio do seu coração. Apareça!

Texto de Ricardo Pont
(Ricardo Pont às vezes é o ricktocadisco. Também é jornalista, DJ, formador de opinião e mais um monte de coisas).